Por Luciano Lima

O Governo do Distrito Federal está com a proposta de cobrar os estacionamentos públicos nas áreas centrais de Brasília. Eu, particularmente, não sou contra. No entanto, é importante que nossos gestores não decidam insistir na polêmica do “ovo” nascendo primeiro que a “galinha”. É preciso oferecer alternativas para a população, como desestimular o uso do carro, melhorar o atual sistema de transporte público e investir em políticas públicas que favoreçam os diversos modais.

A criação da Zona Verde, sem nenhuma mudança, só vai aumentar o caos. É preciso que se tenha uma oferta maior de estacionamentos. Nossa frota de veículos já está bem próxima dos 2 milhões. Precisamos investir em modais que Brasília tem vocação e para isso precisamos de gestores com coragem. A bicicleta é um exemplo claro de modal que precisa ter uma atenção maior por parte dos nossos gestores. A criação de ciclofaixas e a disponibilidade de um vagão do Metrô só para as Bikes já seriam atitudes sensacionais.

Leia Também:  Alívio no Buriti

E por último, não podemos deixar de citar o nosso péssimo transporte público. Eu apoio completamente o discurso do Governo do DF que disse que a criação da Zona Verde é para desestimular o uso do carro. Mas para que isso aconteça, o GDF vai ter que melhorar o nosso transporte público, considerado ainda na gestão Rollemberg como um dos piores do mundo. Eu sonho ver nosso Distrito Federal cortado por trilhos. Uma cidade que queira avançar na mobilidade urbana não pode depender somente de ônibus.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments