Por Simone Leite

O governador de São Paulo (SP), João Doria (PSDB), anunciou que o Estado começará a vacinação contra a Covid-19 em janeiro.

Segundo Doria, 46 milhões de doses da CoronaVac — vacina contra o coronavírus produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac — já estarão disponíveis em SP a partir de 1º de janeiro de 2021.

João Doria aproveitou o anúncio para criticar o governo federal. Segundo ele, “se o Ministério da Saúde tiver juízo, competência e a visão de que a vacina é para todos os brasileiros, poderá oferecer a outros estados antes do previsto”.

O governador afirmou ainda sentir indignação com o governo federal diante da previsão para março de 2021.

Embora a liberação da vacinação no Estado dependa da liberação da Anvisa, o anúncio de João Doria é uma forma de demarcar sua posição em favor da vacina e jogar pressão sobre o presidente Jair Bolsonaro.

Ao que tudo indica, Doria dobra a aposta na vacina para abraçar essa bandeira de olho em seu projeto presidencial de 2022. Ainda na semana passada, ao avaliar ao eleições municipais em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o governador disse que seu partido deve estar sentado na “mesa principal” da coalizão que vai enfrentar Jair Bolsonaro e a esquerda na eleição presidencial de 2022.

Leia Também:  MP Trabalhista: tudo o que você precisa saber

Mais do que isso, João Doria confirmou que pode usar o combate à covid-19 no Estado de São Paulo como seu grande ativo eleitoral. “Esses terão um ativo reconhecido. Os negacionistas perderam seus ativos”, afirmou.
Na entrevista, Doria se posicionou claramente ao dentro ao declarar que “a população votou contra o populismo de direita e de esquerda”.

Apesar da movimentação de João Doria, o caminho para ele pavimentar uma candidatura presidencial será árduo. Na última sexta-feira (4), duas pesquisas sobre a sucessão presidencial – Ideia Big Data e Instituto Paraná – apontaram que ele tem hoje menos de 5% das intenções de voto.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!