O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quinta-feira (9), que o Aliança pelo Brasil não irá utilizar recursos do fundão eleitoral nas eleições de 2022 caso ele sancione a medida. A declaração foi dada durante sua transmissão ao vivo pelas redes sociais.

O fundão foi instituído por lei em 2017 e deve contar com R$ 2 bilhões para 2020.

– Deixo bem claro que, mesmo que seja sancionado o fundão, o partido novo [Aliança pelo Brasil] em 2022 não vai ter fundo partidário (…) Quem usar o fundão em 2022, vai ser complicado, porque vai ter que prestar conta de 15 em 15 dias – explicou.

Bolsonaro também disse não achar certo utilizar dinheiro público em campanhas eleitorais.

– Vai ser o tiro pela culatra, vai perder voto (…) Não acho certo usar dinheiro público. No meu caso, me elegi presidente sem fundo nenhum. Os R$ 4 milhões [que usei na campanha] foram fruto de doações – explicou.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!