O Ministério da Cidadania divulgou, nesta sexta-feira (17), um novo calendário de pagamento do auxílio emergencial de R$ 600. O texto foi publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Para quem se inscreveu pelo site e aplicativo da Caixa, apenas o primeiro lote (daqueles que foram aprovados em abril) recebeu as três parcelas iniciais, enquanto os outros três lotes ainda estão com uma ou duas parcelas a receber (veja mais abaixo).

Nenhum desses três grupos começou a receber a primeira das duas parcelas adicionais prometidas pelo governo. A ideia é dividir essas parcelas em dois pagamentos mensais que somados dão R$ 600 por mês e totalizam R$ 1,2 mil em dois meses, mas ainda não há calendário divulgado.

calendario de pagamento do auxilio emergencial 1024x828 - Auxílio emergencial: Governo divulga novas datas de pagamento. Confira
O calendário divulgado pela Caixa segue a divisão em lotes (Crédito:Caixa Econômica Federal)

 

Lote 1 

– São trabalhadores que foram aprovados pela Caixa em abril, logo após o início da pandemia;

– Receberam a terceira parcela no aplicativo do Caixa Tem entre 27 de junho e 4 de julho, mas os saques nas agências estarão liberados entre os dias 18 de julho e 19 de setembro, seguindo o mês de nascimento como referência;

– Faltam receber as quatro parcelas adicionais que ainda não possuem calendário divulgado.

Lote 2

– São os trabalhadores que foram aprovados em maio;

– Receberam a segunda parcela no Caixa Tem entre os dias 27 de junho e 4 de julho, mas os saques estarão liberados entre os dias 18 de julho e 19 de setembro, seguindo o mês de nascimento como referência;

– Faltam receber a terceira parcela de R$ 600 e as quatro adicionais que ainda não possuem calendário divulgado.

Lote 3

– São os trabalhadores que foram aprovados pela Caixa em junho;

– Receberam a primeira parcela no aplicativo Caixa Tem em 16 ou 17 de junho;

Leia Também:  Só especulação

– Faltam receber as duas parcelas iniciais de R$ 600 e as quatro adicionais que ainda não possuem calendário divulgado.

Lote 4

– São os trabalhadores que foram aprovados no fim de junho;

– Receberam a primeira parcela no aplicativo Caixa Tem entre os dias 27 de junho e 4 de julho, com os saques liberados entre os dias 18 de julho e 19 de setembro, seguindo o mês de nascimento como referência;

– Faltam receber as duas parcelas iniciais de R$ 600 e as quatro adicionais que ainda não possuem calendário divulgado.

Inscritos no CadÚnico

– São trabalhadores inscritos no Cadastro Único e tiveram liberação assim que o Auxílio Emergencial foi criado;

– Receberam a terceira parcela no aplicativo do Caixa Tem entre 27 de junho e 4 de julho, mas os saques nas agências serão liberados entre os dias 18 de julho e 19 de setembro, seguindo o mês de nascimento como referência;

– Faltam receber as quatro parcelas adicionais que ainda não possuem calendário divulgado.

Bolsa Família

– São os beneficiários do Bolsa Família que recebem um benefício inferior aos R$ 600 pagos através do auxílio emergencial. Este grupo não terá aquela divisão das duas parcelas em dois pagamentos no mês, mas receberá dois pagamentos de R$ 600 fechados;

– Receberam a terceira parcela entre os dias 17 e 30 de junho;

– Faltam receber mais duas parcelas adicionais e os pagamentos seguirão o calendário do Bolsa Família, com pagamentos nos dez últimos dias úteis de cada mês. A quarta parcela deve ser paga entre os dias 20 e 31 de julho e a quinta entre os dias 18 e 31 de agosto.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!