Depois de um calote de quase R$ 2 bilhões que recebeu de três países – Moçambique, Cuba e Venezuela -, a presidência do BNDES garante que não vai mais emprestar dinheiro para outros países.

Nestes três países citados, as empresas Odebrecht e Andrade e Gutierrez fizeram as obras, durante os governos de Lula e Dilma. Ambas reconheceram participar de esquema de corrupção no Brasil. As informações foram veiculadas no Jornal Nacional, da Rede Globo.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu