A expectativa do Governo Federal para investimentos de países estrangeiros no Brasil está alta.

Só no segundo trimestre de 2019, segundo o Ministério da Economia, foram identificados 36 projetos de investimento estrangeiro direto (IED) no Brasil, provenientes de 22 empresas de cinco países: Estados Unidos (EUA), China, Japão, França e Itália.

As informações fazem parte da segunda edição do Boletim de Investimentos Estrangeiros – Países Selecionados, publicação da Secretaria Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex), referente ao período de abril a junho deste ano.

No segundo trimestre de 2019, do total dos projetos, 28 são investimentos confirmados com valor aproximado de US$ 15 bilhões. Quando considerados também os investimentos anunciados e ainda sem confirmação, o valor total sobe para US$ 17,9 bilhões.

Leia Também:  Sessão virtual sobre o coronavírus

Em investimentos confirmados, a França foi o que mais investiu com US$ 8,6 bilhões, seguida por Itália (US$ 4,2 bilhões) e Japão (US$ 2 bilhões). A China e os EUA apresentaram os menores números, com US$ 213 milhões e US$ 131 milhões em investimentos, respectivamente.

Já em projetos confirmados – previstos -, dentre os cincos países, Japão e EUA foram os que fizeram o maior número de anúncios, totalizando sete investimentos cada, no período analisado.

França e Itália confirmaram seis projetos cada um. A China, apesar de ter anunciado quatro investimentos, confirmou apenas dois projetos até agora.

No ano passado, o fluxo de investimento estrangeiro no Brasil foi US$ 59 bilhões, enquanto em 2017 foi de US$ 68 bilhões.

Com informações do Ministério da Economia

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.