Presidente afirmou que foi acusado “do nada” e que é impossível interferir na corporação

Durante sua tradicional live exibida na noite de quinta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, pelas acusações de que o chefe do Executivo teria interferido politicamente na Polícia Federal (PF). Ao lado do atual ministro, André Mendonça, o presidente chamou a questão de “denunciação caluniosa”.

Leia Também:  Governadores do Nordeste afinam discurso com Planalto

– E aí me acusam, naquele processo lá, daquele cara, de interferência na PF. Não tem nada. Não acharam nada sobre interferência na PF. Inclusive, eu acho aquilo uma denunciação caluniosa – disse.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!