Bolsonaro derreteu o MBL

Uma coisa ninguém nega, as manifestações do dia 12 foram um verdadeiro fiasco. Um mico daqueles, que o Movimento Brasil Livre (MBL) até perdeu o rumo de casa. Aliás, o derretimento dessa turma é mais que normal, já que eles são totalmente desconectados com a realidade do que é o povo de verdade.

Eles vivem do passado, onde se acham os responsáveis pela queda da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e, claro, eles se impulsionaram muito aí, não temos dúvidas disso.

Mas nos dias de hoje, o MBL não tem poder algum de manifestação. Esses meninos representados na figura de Kim Katuguri (DEM) não alcança o povão de verdade, o poder mobilização só é uns poucos que os seguem.

O MBL DERRETEU

As eleições 2022 estão mesmo polarizadas entre o presidente Jair Bolsonaro e ex-presidente Lula. Ponto final e não se discute mais isso. A tal terceira-via não encontrou meio de transpor ambos. Hoje é certo tanto Lula quanto Bolsonaro ter 65% do eleitorado e sobrou aos outros fazer número para forçar um segundo turno.

O MBL, por exemplo, tem a rejeição tanto da esquerda e direita, um verdadeiro mato sem cachorro.

Eles também não contavam com o apaziguamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e, nesta questão, Bolsonaro ajudou a melar toda a estratégia deles.

Hoje, a tal da terceira-via junto com o MBL só servem de saco de pancadas, tanto da esquerda quanto da direita

O MBL derreteu de vez.