Auxiliares e parlamentares aconselharam o presidente Jair Bolsonaro para ampliar sua agenda “positiva” e, com isso, substituir os ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles e das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Ambos fazem parte do núcleo ideológico do governo, no entanto, são vistos como entraves para acordos comerciais internacionais.

Leia Também:  Lacombe dá aula

A condução da política ambiental de Salles mudou a perspectiva do exterior sobre o país e dificultou acordos comerciais bilaterais e o recebimento de investimentos externos.

 

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!