Parte dos magistrados do STF (Supremo Tribunal Federal) está incomodada com a decisão do ministro do Alexandre de Moraes, que tirou do ar perfis de bolsonaristas das redes sociais. Mas não deverá ser alvo de contestação interna.

Em gabinetes no STF, houve a avaliação de que o ministro pode ter se excedido na decisão e ferido a liberdade de expressão.

No Planalto, o presidente Jair Bolsonaro reagiu e logo ingressou com um ação no STF para reverter decisões judiciais determinadas pelo ministro Alexandre de Moraes.

Leia Também:  Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores

O procurador-geral da República, Augusto Aras,  também se manifestou contra o bloqueio de perfis nas redes em ao menos duas manifestações ao STF.

“O  bloqueio de contas em redes sociais é desproporcional, por serem manifestações apontadas expressões de crítica legítima –conquanto dura–, amparadas pela liberdade de expressão”.

 

 

 

 

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!