Com o choro do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e oito horas de debates, os deputados federais aprovaram, em primeiro turno, o texto principal da reforma da Previdência. Foram 379 votos a favor e 131 votos contra. O governo apostava em 330 votos.

Agora, os parlamentares vão votar os 20 destaques apresentados pelas bancadas. Os destaques mais aguardados são o que aumenta a aposentadoria para as trabalhadoras da iniciativa privada e o que suaviza as regras de aposentadorias para policiais e agentes de segurança que servem à União.

Leia Também:  O tempo está acabando

A reforma da Previdência precisava de 308 votos, o equivalente a três quintos dos deputados, para ser aprovada. Se aprovado em segundo turno, o texto segue para análise do Senado, onde também deve ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores.

Com informações da Agência Brasil

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu