Proposta do deputado federal Luis Miranda (DEM) facilita o acesso a livros para às populações de baixa renda, que recebem auxílio de programas sociais do governo. Um dos objetivos é mudar números, por exemplo, de média de leitura dos brasileiros.

“As pesquisas evidenciam que o brasileiro, de modo geral, lê muito pouco, comparado a outros países europeus e até sul-americanos. O brasileiro lê, em média, 2,4 livros por ano, enquanto os franceses leem quatro vezes mais”, justificou  Miranda.

Já existe lei para o incentivo à leitura. É a Lei nº 10.753, de 30 de outubro de 2003, que institui a Política Nacional do Livro. Mas para Miranda, o programa seria para fortalecer o ordenamento já existente. “Pretendemos aperfeiçoar essa política pública de cultura, mediante a determinação de que o governo federal implante programa de acesso ao livro para as populações de baixa renda, que recebem auxílio de programas sociais do governo”, explicou.

Leia Também:  A escolha de Bolsonaro

Parafraseando a própria literatura, a de Monteiro Lobato no caso, o deputado concluiu a justificativa da proposta afirmando que “Um país se faz com homens e livros”.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!