Prazo máximo para apreciação é até terça-feira (22). Medida provisória também contempla militares de Amapá, Rondônia e Roraima.

Após dois adiamentos, a Câmara dos Deputados analisa, neste momento, a medida provisória que concede reajuste às polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

A Medida Provisória nº 971 (MP 971/2020) caduca amanhã (22). O texto precisa ser votado na Câmara e no Senado Federal até esta data.

A MP seria votada na Câmara dos Deputados e pelos senadores ainda nesta segunda-feira (21). Entretanto, os parlamentares decidiram dividir o processo de votação.

“Estamos trabalhando com as forças de segurança, governo e os demais congressistas. Vamos aprovar um texto seguro e depois buscaremos a resolução de outras demandas. Eu conversei na semana passada com o presidente Davi (Alcolumbre, do Senado) e ele me disse que seria o primeiro item da pauta de terça-feira e a votação seria por acordo”, afirmou o deputado federal Luis Miranda (DEM), relator da MP 971/2020 na Câmara dos Deputados.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!