Falando em corrupção no Rio de Janeiro, a Mesa-diretora da Assembleia Legislativa do Estado decidiu agora pouco, por unanimidade, dar posse aos deputados presos na Operação Furna da Onça.

Segundo investigações, envolvidos na Operação recebiam propinas mensais que variavam de R$ 20 mil a R$ 100 mil – além de cargos – para votar de acordo com o interesse do governo.

Leia Também:  Secretário do DF cotado para o governo Bolsonaro

Todo o esquema teria movimentado pelo menos R$ 54 milhões, segundo a PF.

O deputado estadual Chiquinho da Mangueira (PSC) tomou posse em casa, já que está em prisão domiciliar. Todos os outros presos (que foram reeleitos) tomaram posse na cadeia.

Suplentes

Depois dessa posse, em 48 horas, segundo o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), os suplentes serão convocados.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu