O mercado financeira acredita hoje (28) que o governo de Jair Bolsonaro tem que melhorar a articulação política para a aprovação da Reforma da Previdência. Mesmo assim, integrantes do segmento não trabalham com a hipótese da não aprovação da reforma.

A tensão entre os presidentes da República e Câmara Federal, Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia, voltou a ase agravar ontem (27) e colocou um clima de tensão sob a reforma. Houve novamente troca de farpas. De novo.

Leia Também:  Ex-distrital preso de novo

Em entrevista, Bolsonaro disse que Rodrigo estava abalado emocionalmente por conta do sogro Moreira Franco ter sido preso (e solto). Maia respondeu e disse que o presidente e estava “Brincando de presidir o Brasil”.

Essas rusgas está mantendo a reforma no papel. E o futuro incerto.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu