O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (10) que o coronel da reserva Paulo Jorge de Nápolis, ex-adido militar em Israel, é cotado para assumir o comando da embaixada do Brasil em Israel.

“Não quer dizer que seja ele. O coronel está no radar. Foi adido militar por três anos lá”, disse Bolsonaro.

“O que está lá, acho que está há mais de dois anos. É natural trocar”, completou.

Leia Também:  Petista ainda defende Maduro

Bolsonaro disse querer embaixadores “mais afinados” com o governo. Também afirmou que pretende enviar mais jovens brasileiros para estudar em Israel.

“Ver questão de agricultura, piscicultura, tecnologia. Quero uma garotada nossa sempre em Israel para fazer intercâmbio e voltar”, disse Bolsonaro.

O presidente da República se encontrou na manhã desta segunda com o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há 8 anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!