O presidente Jair Bolsonaro já prometeu rever a concessão do auxílio-reclusão. Cortar, seria uma das hipóteses.

Por enquanto, a prática é outra. Tanto que o Ministério da Economia reajustou o auxílio. Uma portaria publicada na quarta-feira (16) informa que os beneficiários devem receber, no máximo, R$ 1.364,43 por mês.

Leia Também:  Aumento de pontos para cassação de CNH

No ano passado, o teto, do chamado salário de contribuição, era de R$ 1.319,18.

Vale lembrar que os benefícios do INSS, incluindo o auxílio-reclusão, são reajustados conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que para este ano foi de em 3,43%, .

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu