Uma dos parlamentares do DF que votaram para que o COAF fosse para o Ministério da Economia (saiba mais aqui), a deputada Flávia Arruda (PR), garante que o COAF na Economia não prejudicará as investigações de corrupção.

Em entrevista a uma TV local, ela justificou seu voto afirmando que não se pode “fulanizar as coisas”. Ou seja, achar que o COAF, por exemplo, tem um dono.

Leia Também:  Reforma administrativa deve ser aprovada até julho

Na quarta passada, a Câmara Federal ratificou a retirada do COAF das mãos do ministro Sérgio Moro para o Ministério da Economia. Moro avaliou como uma derrota.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
FERDINAND SOUSA BEZERRA
FERDINAND SOUSA BEZERRA
1 ano atrás

DERROTA, PARA A NAÇÃO É VÊ O MAIOR REPRESENTANTE DA NAÇÃO PRESO…BANDIDO PRESO ?
MAIS É UM PAIS DE GOVERNANTES DOS TRÊS PODERES SUPOSTOS LADRÕES, OU NÃO É?
BILIONÁRIOS OU NÃO SÃO ?
TODOS APOSENTADOS OU NÃO?
O NOSSO PSEUDO PRESIDENTE APOSENTOU SE COM MENOS DE VINTE DE PODER OU NÃO?
QUANTOS NO PODER JÁ SÃO APOSENTADOS USUFRUINDO DO PODER E NOS SACANEANDO COM LEIS ESCROTAS E ENGANOSAS, NOS EXTORQUINDO COM SEUS PLANO PARA FAVORECEREM OS BANQUEIROS ?
ISSO NÃO DÁ MANCHETE EXISTENCIAL PARA A MÍDIA OU O MEDO É MAIOR DA REPRESÁLIA FINANCEIRA DO BANDO?

Fabricio
Fabricio
1 ano atrás

A COAF tinha que ficar com Moro. Quem votou contra é suspeito.

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.