Da bancada do distrital no Congresso Nacional, dos 11 parlamentares, nove são a favor da prisão depois da condenação em segunda instância. São eles: Câmara Federal: Celina Leão (PP) – Luís Miranda (DEM) – Julio Cesar (Republicanos) – Bia Kicis (PSL) – Paula Belmonte (Cidadania) – Professor Israel (PV). Senado: Izalci Lucas (PSDB) – Leila Barros (PSB) – Reguffe (Podemos).

O assunto volta a ser prioridade no Senado e na Câmara dos Deputados após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que mudou o entendimento em relação ao tema e estabeleceu a necessidade de esperar recursos para a detenção. A alteração beneficiou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia Também:  Cuidado, é golpe!

Há uma PEC no Senado e outra, na Câmara dos Deputados em tramitação. As duas proposições devem ser avaliadas pela Comissão de Constituição e Justiça de cada uma das Casas ao longo da semana. Entre os parlamentares do Distrito Federal, apenas a deputada Erika Kokay (PT) posicionou-se contra a alteração. A deputada federal Flávia Arruda (PL) não se manifestou sobre o assunto, mas a aposta é que se posicione a favor da alteração.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!