Não foi desta vez. Ficou para segunda-feira a votação da MP 971, que trata do reajuste de policiais civis, militares e bombeiros.

A votação foi retirada da pauta da Câmara dos Deputados desta quinta-feira (17) O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), havia previsto a análise da matéria a pedido da bancada distrital no Congresso Nacional. Porém, a apreciação foi adiada para sexta-feira (18).

O relator da medida, deputado federal Luis Miranda (DEM), tem realizado uma série de encontros a fim de dar celeridade à votação da MP. Se reuniu, no início do mês de setembro, com o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, para discutir o assunto. Na última sexta-feira (11), a bancada do DF na Câmara dos Deputados reuniram na casa de Miranda. Lá, ficou decidido que somente as emendas sem impacto financeiro seriam incluídas na MP, que teve 74 sugeridas

Leia Também:  Porteiro mentiu

Caso a votação da MP passe para a terça-feira (22), a medida pode perder o prazo. Por isso, a corrida contra o tempo.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!