A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai apresentar pedido de imediata de soltura nesta sexta-feira (8), após o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão após segunda instância. A Corte decidiu na noite desta quinta-feira, 7, que o cumprimento da pena deverá ocorrer somente após todos os recursos serem julgados, o chamado trânsito em julgado.

Leia Também:  Arábia Saudita habilita frigoríficos brasileiros

A defesa ressalta que o novo entendimento da Corte “reforça que o ex-presidente Lula está preso há 579 dias injustamente e de forma incompatível com a lei”. “Lula não praticou qualquer ato ilícito e é vítima de ‘lawfare’, que, no caso do ex-presidente, consiste no uso estratégico do Direito para fins de perseguição política”, conclui a defesa.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sueli Pinheiro
Sueli Pinheiro
10 meses atrás

STF UMA VERGONHA NACIONAL. Q NOJO!

Sueli Pinheiro
Sueli Pinheiro
10 meses atrás

QUANTO MAIS LUTAMOS INDO AS RUAS A LUTAR EM FAVOR DA JUSTIÇA PIOR FICA! ESTAMOS SEM MORAL. FIM!

Sueli Pinheiro
Sueli Pinheiro
10 meses atrás

5 JUSTIÇA X 6 IMPUNIDADE. A INJUSTIÇA REINA. AFF!

Sueli Pinheiro
Sueli Pinheiro
10 meses atrás

TUDO COMBINADO! O POVO NÃO E TROUXA!

Sueli Pinheiro
Sueli Pinheiro
10 meses atrás

HONESTO NÃO TEM VEZ! FIM!

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!