A Polícia Federal (PF) apresentou ao presidente Jair Bolsonaro áudios que mostram o possível interesse do Primeiro Comando da Capital (PCC) no atentado de que foi vítima, em setembro do ano passado, durante a campanha eleitoral. As informações são do Estado de S. Paulo.

Segundo a reportagem, as conversas foram captadas pelo setor de inteligência e por isso sustentam uma das linhas de investigação de inquérito que apura se Adélio Bispo, autor da facada, agiu a mando de alguém.

Na investigação, a PF quer saber se Adélio foi financiado pelo PCC. O inquérito está em fase final.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.