Novo gestor afirmou que o cargo é o “maior desafio de sua carreira”

O novo ministro da Saúde, Nelson Teich, tomou posse, na manhã desta sexta-feira (17), na chefia da pasta federal. Em seu primeiro discurso após a assinatura do termo de posse, Teich afirmou que esse “é o maior desafio de sua vida profissional”.

Importância da informação

O novo gestor afirmou que o principal meio de combater o coronavírus é através da informação.

” Uma coisa que eu tenho colocado é a importância da informação. Uma das características dessa doença é a pobreza de informação sobre a doença e isso leva a um nível de ansiedade. Precisamos administrar o problema clínico e também o comportamento da sociedade” – declarou.

Pontos fortes da gestão de Mandetta

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, primeiro a falar na cerimônia, no entanto, destacou pontos de sua gestão na pasta e disse que fez uma trabalho firme, conseguindo entregar a Saúde sem pendências orçamentárias.

” Trabalhei durante doze meses com uma gestão orçamentária muito austera. Pela primeira vez, o SUS não deve nenhum centavo a nenhum prefeito, a nenhum estado. Neste ano, fizemos um repasse em recursos diretos de mais de R$ 6 bi em 40 dias. Renovamos a frota do Samu” – apontou.

Mudando o placar

O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, afirmou que o dia era “de alegria” e ressaltou que, às vezes, “alguns jogadores precisam ser substituídos para mudar o placar”, em referência aos processos de mudança dos ministros de governo e ressaltou sua posição em retomar a economia do país.

“A minha visão é um pouco diferente do ministro que está focado em seu ministério. Os riscos maiores estão sob minha responsabilidade. Desde o começo, eu tenho uma visão que temos que abrir o emprego. O que eu acredito é que tem que abrir [o comércio]” – declarou.

O chefe do Executivo, entretanto, falou sobre o novo gestor da Saúde, e o parabenizou pela coragem em assumir o cargo.

“Confesso, o cumprimento pela sua coragem. Não é apenas ser ministro, e buscar melhorar a saúde do Brasil, agravado a isso tem a questão de uma pandemia. O seu trabalho é 24 horas por dia, 7 dias por semana. Todos nós torcemos pelo seu sucesso, por que o seu sucesso poupará vidas” – completou.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!