Se um dia você se candidatar algum cargo eletivo, saiba que a primeira coisa é buscar um partido e, que cada sigla tem as suas regras. Portanto se for eleito tem que seguir. Ponto final.

Caso isso não ocorra e você não estava alinhando com as diretrizes partidárias você terá duas opções: pedi para sair ou ser expulso.

Foi o caso de Alexandre Frota, deputado federal eleito pelo PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro. Frota era pejorado pela mídia por ser ex-ator pornô e o então candidato Bolsonaro não ligou para as críticas e por varias vezes elogiou, uma pessoa que estava sendo esculhamba pela esquerda e mídia.

Leia Também:  Privatizações e o fast track

Deputados insatisfeitos no PSL tem de monte, ainda mais que o presidente faz um governo sem toma lá dá cá.

Alexandre Frota trocou os pés pelas mãos e jamais poderia criticar um presidente do seu próprio partido. São as regras partidárias.

Na política ou você é fiel até na tristeza ou bye.

Frota que se delicie com tapete vermelho que a mídia já estendeu para ele. Aliás, de um dia para o outro ele deixou de ser ator pornô. Que coisa, não?

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Camilo
Luiz Camilo
1 ano atrás

Daqui apouco esse infeliz está falando mal do presidente no programa do Bial…

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.