Um projeto aprovado na Câmara Federal ontem (27) uniu dois partidos antagônicos ideologicamente.

PT e PSL conseguiram aprovar o projeto garantindo a mulher que sofrer violência doméstica, o imediato pedido de divórcio.

O autor foi o deputado Luiz Lima (PSL/RJ) e a relatora a deputada Érika Kokay (PT/DF).

Leia Também:  Trancando a pauta: servidores vão trabalhar 'de graça'

Trabalharam num mesmo propósito. Sem troca de acusações. Doeu?

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu