A Comissão dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara aprovou o relatório do deputado federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF), junto ao PL 150/21 que destina recursos das loterias e concursos de prognósticos para os atletas da Confederação Brasileira de Surdos (CBDS).

Atualmente, parte dos recursos provenientes da arrecadação das loterias são entregues para o Comitê Olímpico Brasileiro e para o Comitê Paralímpico Brasileiro. Julio Cesar defende que não há razão para que os deficientes auditivos, que possuem suas próprias competições de nível olímpico, continuem a ser privados de recursos das loterias para o financiamento de seus esportes.

"Se o propósito maior da alocação de parte do produto da arrecadação das loterias é contribuir para o financiamento do esporte olímpico e paralímpico, não há motivos para não incluir a sua aplicabilidade à causa dos desportos praticados pelos surdos”, argumenta o deputado.

Deixe uma resposta

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!