Quem não lembra da ex-presidente Dilma Rousseff, que segurou reajustes na Petrobras? deu no que deu. A estatal quebrou, consequência também da corrupção.

O atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro, também segurou aumento da empresa. O receio teria sido por conta de ameaças de caminhoneiros.

Leia Também:  As contas otimistas de Maia

Haveria um reajuste do diesel de 5,74% hoje. Mas o governo impediu a medida. A Petrobras nega. Disse em nota que um estudo interno apontou uma nova data para esse aumento, ainda não definida.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu