A MP (Medida Provisória) que cria o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo e permite alterações na legislação para incentivar a geração de empregos, embora importante e necessária, terá trâmite tumultuado.

A proposta é vista como um novo ciclo da Reforma Trabalhista, por conta disso o governo sofrerá ofensiva tanto de apoiadores quanto de opositores. A previsão é de que a matéria receba centenas de emendas com a finalidade de alterar seu conteúdo.

Leia Também:  Pacote anticrime: “muitos avanços”

Um dos pontos polêmicos é a forma de financiamento da renúncia. O texto prevê contribuição previdenciária sobre o seguro-desemprego de até 8,14%.

A oposição parlamentar e os sindicatos vão partir com tudo contra a proposta. Ações judiciais serão apresentadas por partidos políticos e sindicatos contestando excessos de inconstitucionalidades da MP.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!