Nesta última quarta-feira (14), o Tribunal Regional Federal da 5ª Região concedeu um habeas corpus ao ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

A decisão suspende uma das prisões preventivas do ex-parlamentar.

A detenção de Cunha será mantida em razão de outros mandados de prisão preventiva ativos contra ele, nas justiças federais de Brasília e do Paraná.

Este post tem um comentário

  1. Francisca B. Camelo

    Acinte com a população que trabalha e paga impostos pra manter esses indivíduos que fazem parte de uma casta que não zela pela Justiça, Lei, Ordem e Progresso no Brasil corroborados pelo STF com decisões inexistentes, beneficiando os ladrões ricos que desviaram e saquearam a Nação Brasileira que continua a sangrar, lamentável ver que continuaremos sem futuro.

Deixe uma resposta

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!