Uma reportagem da revista Veja expõe intenções de um grupo terrorista de matar o presidente Jair Bolsonaro.

A revista entrevistou, por meio da deep web – uma área clandestina da internet que é irrastreável – um integrante do grupo Sociedade Secreta Silvestre (SSS), que se apresenta como braço brasileiro do Individualistas que Tendem ao Selvagem (ITS) – essa organização é acusada de fazer ataques em diversos países.

O terrorista – que se identifica por Anhangá (nome usado por um dos terroristas) garante que o plano para matar Bolsonaro é real e começou a ser elaborado desde o instante em que o presidente foi eleito.

Quem não lembra dos episódios de bombas colocadas em uma igreja, em Brazlândia, dias antes da posse?

Leia Também:  Deputada e Ministro acusam secretário de Ibaneis

Segundo a reportagem, o grupo ITS, que foi fundado em 2011 no México e afirma ter representantes também na Argentina, Chile, Espanha e Grécia.

Anhangá (espírito que protege os animais, em tupi-guarani) é, segundo a revista, do sexo masculino, tem entre 20 e 30 anos, está em Brasília e é um radical defensor da natureza.

O terrorista afirma que outros dois alvos são o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles e a ministra Damares Alves.

Uma das repostas do suposto terrorista é de que a segurança de Bolsonaro é falha e de que ele anda sem uma proteção adequada.

Falando em segurança adequada, o filho do presidente, Carlos Bolsonaro, vem apertando essa tecla há algum tempo…

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Solange mrndes melo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] Veja entrevistou terrorista que quer matar Bolsonaro […]

Solange mrndes melo
Visitante
Solange mrndes melo

Nao acredito na veja ela ta e querendo e que o povo fique com medo isso sim

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu