News, News! O Ministro Sergio “Batmam” Moro trouxe a capital o chefe do comando do PCC. A notícia não foi bem recebida pela população e nem pelos dirigentes.

Governador e Senadores redigiram documentos para o Ministro informando suas preocupações.

Pela primeira vez tivemos que concordar com a Senadora Leila “do Vôlei” Barros. As queixas só não foram mais rápidas que o crescente aumento de patrimônio do “caso Betina”, o que ela não consegue explicar é como outras pessoas podem fazer o mesmo, embora sabemos que colegas no Planalto sabem muito bem!

Em choque com a solicitação do Presidente Jair “Bozo” Bolsonaro de comemorar os 55 anos do Golpe Militar de 1964. Em choque? Também estou! Em várias tentativas do que seria comemorado só me vem à cabeça os mais de 400 desaparecidos políticos, as 1.843 pessoas que fizeram 6.016 denúncias de violações dos direitos humanos, o que me deixa pasmo é que existe uma Declaração Universal de Direitos Humanos, proclamada pelas Nações Unidas no final da década de 1940. E parece que o nosso Bozo não conhece. Em sumo, fico mais em choque de ver que a bancada evangélica não se pronuncia contra nenhuma declaração, estão de olhos vendados? Não! Estão preocupados na luta contra mandar na vida e no corpo alheio, afinal tortura deve ser penitência. Falando nisso, me remete a um seriado norte americano conhecido como The Handmaid’s Tale, baseado no romance homônimo da escritora Margaret Atwood que relata como uma extrema direita, aplica um golpe de Estado e cria um novo governo divido em castas onde mulheres que são férteis deverão servir para procriação do alto escalão. Não terão direito a aprender a ler e nem a escrever, proibição de trabalhar, voltarão a serem donas de casa, somente um tipo de religião é permitido e a perseguição a cientistas, homossexuais e qualquer um que se mantiver contra o sistema. Vamos abrir o olho? A ficção tende a imitar a vida? Ou a vida a ficção?

Xo Xo
Jhonny B.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Jhonny Bravo

Nosso colunista é um mistério. Graduado em marketing com pós-graduação em acidez irônico sobre todos os temas. Ele chega para mesclar os assuntos que são pertinentes para o povo brasileiro. Fofoca, Política e, claro, crítica com sabor de pimenta malagueta.
Fechar Menu