Passada toda a repercussão da prisão da cúpula da Secretaria da Saúde, já podemos dizer que o governador Ibaneis Rocha tem uma crise profunda para administrar.

O Ministério Público não poupou palavras ao dizer para a imprensa que Francisco, o secretário de Saúde, chefiava uma organização criminosa letal. Sem dó nem piedade, o MP relatou aos jornalistas que tinha até divisão na, considerada pela justiça, organização criminosa.

As palavras são duras e coloca em xeque, sim, o Palácio do Buriti. Por outro lado, a Câmara Legislativa se mexeu e deixou quase pronta a CPI da Saúde. Só falta uma assinatura, fora do eixo governista, Jaqueline é assinatura de Minerva, já que ela transita bem no Centrão, que assinou em peso e tem bom trânsito na oposição.

Leia Também:  Política em Ação

Essa situação vem no momento de pandemia e o eleitorado revoltado por perder parentes e, de um certo modo, a sua liberdade, tem direcionado toda a sua raiva aos políticos.

Há uma crise política e quem foi retaliado pelo governador pode ser a solução, por exemplo, para não sair uma CPI que seria um desastre e tanto.

O governador Ibaneis, mais que nunca, terá que fazer política e se tem algum orgulho, é hora de recolher as espadas e sair mais forte dessa.

4.2 5 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.