A partir de agora taxistas terão o direito de receber o auxílio emergencial oferecido ao transporte escolar e turístico do Distrito Federal durante a pandemia da Covid-19. A Câmara Legislativa  derrubou veto que impedia a extinção do benefício.

A análise do veto parcial foi incluída na pauta de votações a pedido do deputado Agaciel Maia (PL), um dos autores da proposta de extensão do auxílio aos motoristas de táxi. “É preciso dar assistência a essa categoria, que se encontra severamente penalizada em razão da diminuição da circulação de pessoas ocasionada pela quarentena enfrentada por toda a população do Distrito Federal”, justificou.

Leia Também:  Vai ter que convencer distritais

Segundo a lei, o benefício deverá ser pago por dois meses, podendo ser estendido por mais um mês.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Paulo
21 dias atrás

Foi importante, porém minha pergunta é os motoristas de aplicativos como ficam, senhores deputados e o governador vão deixar essa categoria que tanto trabalha por Brasília prejudica e sem apoio.

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!