Esquemas de corrupção e de caixa dois envolvendo a direção nacional do partido político PROS foram denunciados neste domingo (16), no retorno do quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, do Fantástico.

O programa mostrou o luxo em que vivem os dirigentes do partido, investigados por crimes eleitorais e desvio dos fundos de campanha da eleição de 2018.

Leia Também:  Bob Jefferson e as filiações bolsonaristas

Há alguns meses, a Rádio Corredor vem mostrando essa novela, e, que pode estar perto do fim.

A sigla foi fundada pelo empresário Euripedes Junior, afastado recentemente por usar dinheiro do fundo partidário para viajar com a família pelo mundo.

Euripedes teve a prisão decretada por agredir a filha com socos e pontapés.

 

(Saiba mais)

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!