O projeto que autoriza o resgate de saldos dos fundos da assistência social para fortalecer as ações de atendimento a pessoas em vulnerabilidade durante a pandemia foi aprovado, nesta quarta-feira (08).

O Sistema Único de Assistência Social receberá R$1,5 bi para atender os mais vulneráveis durante essa pandemia. O valor estimado para o Distrito Federa é de R$23 milhões.

A autora da proposta é a deputada federal Flávia Arruda (PL).

“É essencial garantir o atendimento da assistência social para estes milhares de vulneráveis. É garantir o mínimo de dignidade”, afirma Flávia Arruda.

O recurso beneficiará, portanto, crianças e adolescentes; idosos; mulheres vítimas de violência doméstica; pessoas com deficiência; indígenas; quilombolas; e pessoas em situação de rua ou em qualquer circunstância de extrema vulnerabilidade.

Leia Também:  Salários iguais para homens e mulheres

Servirá, por fim, para ampliação do cadastro único dos programas sociais federais (CadÚnico).

O texto segue agora para sanção presidencial.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Natan
Natan
4 meses atrás

Precisamos ampliar as unidades de assistência social no DF/ por meio de execução indireta. Assim teremos dados para analisar o desafio que é o Fundo da Assistência Social.

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!