O deputado distrital Fábio Felix (PSOL) acionou a Procuradoria Regional do Trabalho para investigar o caso de discriminação no restaurante Abbraccio, no Parkshopping. Felix também vai cobrar da Secretaria de Mobilidade a criação dos pontos de apoios para a classe.

As agressões contra o trabalhador também levaram à cobrança pela implementação da Lei Distrital 6.677/2020, que obriga as empresas de aplicativo a instalarem pontos de apoio para seus colaboradores em todas as regiões do DF. Em vídeo divulgado, o entregador aguardava do lado de fora do restaurante a liberação do pedido e usou o tempo para carregar o celular. O sócio, então, se aproxima do motoboy e o agride verbalmente. “Pago R$ 140 mil de aluguel para o motoboy sentar aqui e colocar o celular dele para carregar? Não vou nem a pau”, gritou o empresário. Em redes sociais, o restaurante se pronunciou, afirmando que o sócio foi afastado e que a equipe será retreinada.

Deixe uma resposta