Parece que os deputados distritais resolveram reagir. O famoso “Centrão” – composto pelos deputados distritais Eduardo Pedrosa, Reginaldo Sardinha, Rooselvet Vilela, Daniel Donizet, Jaqueline Silva, João Cardoso, Iolando e outros distritais – está adorando ver a temperatura ferver.

De acordo com os distritais do Centrão, a briga da Câmara Legislativa com o Buriti é que as emendas do Procred, que socorre empresas, não incluíam salões de beleza, academias e bares.

O alvo da ira de Ibaneis foi Eduardo Pedrosa, que recebeu várias líderes desses setores e junto com seus colegas propôs as emendas.

No entanto, o distrital Eduardo Pedrosa (PTC) está convencido de que o governador não teve a oportunidade – ou a assessoria não repassou – de ler suas emendas em relação ao Refis e ao Fundo Garantidor.

O parlamentar respondeu Ibaneis Rocha nas redes sociais.

A insatisfação dos distritais do centrão, entretanto, tem dois alvos: André Clemente, secretário de Fazenda, que muitos acusam de ter “envenenado” o governador e Rafael Prudente presidente da CLDF, que não defendeu os parlamentares das investidas pesadas de Ibaneis.

Leia Também:  CLDF de portas fechadas

Os distritais ficaram com a sensação de que o governador Ibaneis os chamou de chantagistas.

Por fim, a política do DF deu aquela esquentada maravilhosa, mas no final o café e o pão de queijo vão cantar. Isso se antes não houver aquelas entregas de administrações regionais básicas.

É a primeira vez que o Palácio do Buriti enfrenta dificuldades com o Poder Legislativo e as cenas dos próximos capítulos são fundamentais.

O passarinho irá sobrevoar e logo trará novas informações.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.