Nesta terça-feira (10), a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) publicou um chamamento público para integrar novos membros ao programa Criança Feliz Brasiliense. O chamamento tem como alvo gestantes, crianças de até três anos e as famílias inscritas no Cadastro Único.

A meta é escolher 1,6 mil beneficiários nas regiões administrativas de Paranoá, São Sebastião, Itapoã, Varjão, Brazlândia, Fercal, Sobradinho e Planaltina; e mais 1,6 mil em Ceilândia, Estrutural, Taguatinga, Riacho Fundo I e II, Samambaia, Recanto das Emas e Santa Maria.

As visitas domiciliares do programa duram, em média, 45 minutos, e ocorrem de forma planejada e sistemática. Nelas os visitadores realizam orientações sobre práticas que fortalecem o desenvolvimento da criança, os vínculos familiares bem como sobre o acesso a serviços para a garantia de direitos.

Leia Também:  Edição Extra!

O Programa estimula a responsabilidade dos adultos, que são referência para a criança no seu dia-a-dia, estabelecendo vínculos afetivos mais próximos durante os seus primeiros anos de vida. Promove também o encorajamento para o desenvolvimento de atividades lúdicas envolvendo outros membros da família, com o intuito de fortalecer os vínculos familiares e comunitários e estimular o desenvolvimento infantil.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!