A Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou, na tarde desta quinta-feira (19), a indicação de Félix Ângelo Palazzo para ocupar o cargo de diretor da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa). Palazzo foi indicado pelo GDF para ocupar a vaga do ex-deputado distrital Raimundo Ribeiro, que no mês passado assumiu a presidência da agência.

A indicação foi aprovada por unanimidade pelos integrantes da Comissão e agora será submetida à apreciação do Plenário da Câmara. Félix Ângelo Palazzo foi procurador por 27 anos e conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) quando o governador Ibaneis Rocha era presidente da seccional DF. Advogado há 37 anos, o procurador aposentado também já ocupou a função de diretor do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

Leia Também:  Ibaneis passa por cirurgia

Sabatina do indicado

Questionado sobre a política de tarifas, Palazzo disse que pretende debater na Adasa os critérios para definição das taxas referentes ao esgoto, que atualmente tem o mesmo peso do fornecimento de água na composição da conta paga pelos consumidores. O assunto foi o principal ponto levantado pelos deputados distritais durante a sabatina ao indicado, antes da aprovação do seu nome. Os integrantes da Comissão entenderam que a experiência de Palazzo como procurador o qualifica para ocupar o cargo na Adasa.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!