O governador Ibaneis Rocha disse mais uma vez que sua convocação para comparecer à CPI da Pandemia do Senado Federal é inconstitucional. “Além de confrontar a Constituição, não sou citado em nenhum tipo de inquérito, em nenhuma ação judicial. Então não tenho motivo para estar nessa CPI, até porque não vou poder contribuir muito com eles”, destacou.

Segundo Ibaneis, até sexta (11), ou no início da próxima semana, a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, decidirá sobre o pedido dos governadores para não comparecer à CPI. No dia 26 de maio, a Comissão aprovou a convocação de nove governadores. Além do do DF, foram convocados Wilson Lima (PSC), do Amazonas, Hélder Barbalho (MDB), do Pará; Mauro Carlesse (PSL), do Tocantins; Carlos Moisés, Santa Catarina; Waldez Góes, do Amapá; Wellington Dias, do Piauí; Marcos Rocha (PSL), de Rondônia e Antônio Denarium (sem partido), de Roraima. Também foram convocados os ex-governadores Daniela Reinehr (sem partido), vice-governadora de Santa Catarina e Wilson Witzel (PSC), ex-governador do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!