Uma clínica de hipnose de Brasília, que oferece a “garantia vitalícia” para “tratamento do homossexualismo”, será investigada pelo Conselho Regional de Psicologia (CRP). A prática da terapia de reversão sexual, a chamada “cura gay”, é vedada pelo órgão e, em 2019, foi suspensa a partir de um entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF).

No site da Hipnoticus, Gabriel Henrique de Azevedo Veloso, garante ainda tratamento contra depressão e doenças autoimunes “antes mesmo da primeira sessão”. O procedimento custa a partir de R$ 29,9 mil e, segundo ele, é o “equivalente a 70 anos de terapia”.

hip - 'Cura gay': Caso chega na Comissão de Direitos Humanos

De acordo com o Conselho de Psicologia, esse tipo de tratamento é uma violação dos direitos humanos e não têm qualquer embasamento científico.

Leia Também:  Administrador de Sobradinho é exonerado

LGBTfobia

A prática de “cura gay” oferecida pela clínica também chamou a atenção da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa.

79820236 2587617774667516 1542599764204322816 n e1577134825763 848x460 - 'Cura gay': Caso chega na Comissão de Direitos Humanos

O presidente da comissão, o deputado distrital Fábio Félix (Psol), publicou um vídeo e informou que tomou conhecimento do caso por meio de uma denúncia.

“É um absurdo completo. Nós vamos comunicar ao Ministério Público, à delegacia especializada [Decrin] e à Defensoria Pública para combater esse caso. Está sendo analisado como LGBTfobia, que, inclusive, já foi qualificado pelo STF como crime no Brasil.”

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edvandro
Edvandro
23 dias atrás

Esse cara é doido ou o que? poxa a vida é do cara ele se trata se ele quiser, eles não dizem que a vida é da pessoa e ela faz o que quiser dela? então, se o cara acha que é uma doença e quer se curar que mal há nisso?

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!