Distrital propõe linha de crédito para quiosques

O distrital José Gomes (PSB) fez uma indicação ao Governo do Distrito Federal e ao BRB com a finalidade de criar uma linha de crédito para os donos de quiosques e trailers, que foram prejudicados com a Covid-19.

Por conta do decreto de isolamento social, os trabalhadores foram obrigados a fecharem os seus estabelecimentos. Cerca de 28 mil quiosqueiros estão sem condições de pagar dívidas e de manter o sustento da casa e os empregos que geram.

O objetivo da medida, entretanto, é amenizar a situação dos profissionais do segmento e ajudá-los a não fecharem as portas dos estabelecimentos quando a pandemia chegar ao fim. A proposta fará com que eles honrem suas dívidas com fornecedores e evitem um número alto de demissões.

“Esse segmento emprega mais de 60 mil pessoas. Muitos deles não têm condições de comércio digital. As portas estão fechadas há mais de mês. Isso gerou perdas na renda desses empreendedores e de seus empregados”, enfatizou José Gomes.

A indicação, no entanto, foi feita após receber um pleito da categoria. Apenas quem explorar diretamente o espaço e tiver direito de uso de bem público poderá ter acesso ao empréstimo.

“Desde o início da pandemia temos nos solidarizado com os empreendedores de pequeno porte que precisam de apoio financeiro para não levarem seus negócios à bancarrota. Trata-se de medida necessária e urgente para fomentar a atividade econômica e o emprego em todo o DF”, destacou o distrital.

Autor


Horas
Minutos
Segundos
Estamos ao vivo