Ericka Filippelli será ouvida em CPI

Nesta quinta-feira (12), a CPI do Feminicídio da Câmara Legislativa do Distrito Federal vai ouvir a secretária da Mulher do DF, Ericka Filippelli. A oitiva da secretária foi aprovada na reunião do colegiado na tarde desta segunda-feira (9), com a presença dos deputados Claudio Abrantes (PDT), Arlete Sampaio (PT), Fábio Felix (PSOL), Eduardo Pedrosa (PTC) e Delmasso (PRB). A CPI também aprovou a oitiva, para o ano que vem, da titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), Sandra Melo, e o convite à ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

O presidente interino da CPI, deputado Abrantes, explicou que o colegiado precisa conhecer a linha política da pasta responsável pelo tema e, por isso, irá ouvir, primeiramente, a secretária da Mulher e, em seguida, a titular da Deam, delegacia onde os integrantes também desejam fazer uma visita. O cronograma de oitivas, bem como o plano de trabalho da CPI para o próximo ano será definido em reunião interna, de acordo com Abrantes.

Autor


Horas
Minutos
Segundos
Estamos ao vivo