O ex-secretário de Educação, João Pedro Ferraz, foi um dos alvos da operação deflagrada pela Polícia Civil do DF (PCDF), hoje pela manhã (9). Além de Ferraz,  Valdetário Monteiro, ex-chefe da Casa Civil e o ex-secretário-executivo da Educação, Quintino dos Reis também são investigados. Há suspeita de irregularidades na licitação de merenda escolar na rede pública de ensino, que previa a entrega de 94 milhões de refeições ao custo de R$ 375 milhões.

De acordo com as investigações, um grupo vinculado à Secretaria de Educação atua em conjunto com agentes de empresas privadas para fraudar licitações. Os suspeitos estariam manipulando as competições das licitações referentes à alimentação escolar. Mais precisamente, estariam alterando parâmetros nutricionais de proteína para favorecer determinadas empresas.

A PCDF também aponta um direcionamento do edital de licitação para a terceirização da merenda escolar da capital federal e até mesmo irregularidades na contratação de produção de vídeo-aulas.

Leia Também:  Clima na CLDF, exonerações e eleições

Foram cumpridos 26 mandados de busca e apreensão, em órgãos públicos, em residências de servidores, ex-servidores e particulares, e em empresas envolvidas nas licitações. As buscas foram realizadas no Distrito Federal e nos estados de São Paulo e Piauí.

Operação

A operação, batizada de Fames e Self-Service, é realizada pela Divisão Especial de Repressão à Corrupção da Cecor (Decor/Cecor), em conjunto com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), e com o apoio da Controladoria Geral da União (CGU). O termo “Fames”, que dá nome a uma das operações, é uma alusão à deusa da fome da mitologia romana. A denominação “Self Service”, em tradução livre, significa “serviço próprio” ou “autosserviço”, a denotar que os suspeitos visavam atender os interesses privados.

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!