O PT deu outra mostra de que o interesse da população não é uma prioridade, e ameaçava expulsar do partido Jeansley Lima, presidente da empresa pública Codeplan, do governo do Distrito Federal, figura central do elogiado sistema de monitoramento da covid-19 que permitiu ao DF agir com precisão e registrar a menor taxa de letalidade do Brasil. Para o PT, isso pouco importa.

Ameaçado, Lima fez melhor: deixou o partido.

A ameaça de expulsão, no entanto, era dos dirigentes do partido Geovanny Silva e Ricardo Vale, que pareciam não suportar o êxito do correligionário.

Leia Também:  Distrital acompanha ampliação de leitos de UTI

O governador Ibaneis Rocha (MDB) convidou Lima por sua qualificação técnica e não indicação política. Isso não faz sentido, na visão do PT.

Ibaneis se disse surpreso com a retaliação contra o filiado com 20 anos de partido.

“Esse é o PT que as pessoas não podem esquecer”, disse.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gilson Cardoso Fahur
Gilson Cardoso Fahur
5 meses atrás

Infelizmente isso não é surpresa vindo desse partido. Radicais ao extremo, não importa o assunto. E depois nós e que somos os fascistas.

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!