Ontem, durante sessão remota da CLDF, os distritais derrubaram o veto total do projeto que assegura a gratuidade no Sistema de Transporte Público aos profissionais da área de Saúde do DF, enquanto durar a vigência de calamidade pública.

A proposta é de autoria do deputado distrital Reginaldo Veras (PDT).

O governador Ibanei Rocha (MDB) passa a ter 48 horas, a partir do envio da comunicação oficial pelo Presidente da Casa, para promulgação da proposta.

“Os profissionais da área da Saúde são aqueles que estão na linha de frente no combate e tratamento das pessoas que buscam os serviços médicos. São heróis que não podem ficar em isolamento, se protegendo em casa, pois têm a nobre e árdua missão de cuidar da saúde da população. Por isso, é fundamental que esses profissionais, que se dedicam integralmente neste momento de pandemia, circulem gratuitamente nos ônibus e no metrô do DF”, disse Veras.

De acordo com o texto apresentado por Veras, os profissionais da Saúde devem apresentar o crachá de trabalho para identificação e acesso ao transporte público. A medida irá beneficiar, portanto,  médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!