“Oi, Ibaneis. Tudo bem? Prazer! Sou a política. Podemos conversar?”, preste atenção nesse diálogo.

O governador Ibaneis Rocha sempre tramitou no meio político, mas nunca foi político. Ser político é entrar no cesto de cobras e ainda bater papo com elas.

A fortuna do governador sempre é falada nos bastidores. Mas saibam uma coisa: milionários e bilionários não vivem sem a política. Citando alguns casos: “Véio da Havan” e “Magalu”, só para dar uma retratada. Um dia exploro esse assunto a fundo.

O poder de um político com mandato é quase infinito e vocês não sabem o tanto. O poder de um mandatário é tão grande, que é capaz de dobrar bilionários.

Nos primeiros dois anos, o governador Ibaneis não deu atenção aos distritais aliados. Aliás, deu atenção, sim, mas para poucos privilegiados que tiveram espaço até na lua.

Leia Também:  Ibaneis presidente do Flamengo?

No momento atual de crises, prisões no alto escalão e buscas e apreensão para todos os lados. Ibaneis terá que fazer política pela dor.

Hoje, às suas fichas tem que ser apontadas para uma base na Câmara Legislativa. Porquê? A qualquer momento, algum psicopata entra com pedido de impeachment e a sua base na CLDF precisa ser blindada.

Fora outros projetos que precisam reforçar o Caixa do GDF.

Mais do que nunca, o governador Ibaneis Rocha precisa ter uma lua de mel com os deputados distritais. Isso se chama política.

Não enfarte, caro puritano, porque essa é a realidade!

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.