O Governo do Distrito Federal regulamentou a lei nº 6.677, que prevê pontos de apoio para trabalhadores de aplicativos de entrega e de transporte individual privado de passageiros em regiões administrativas. A decisão foi publicada, nesta quarta-feira (18), no Diário Oficial (DODF).

Os pontos serão criados pelas empresas e deverão ter chuveiros individuais, vestiários, salas de descanso com acesso à internet e pontos de recarga de celular, espaço para refeição, estacionamento para bicicletas e motos e locais de espera de carros.O objetivo é garantir condições mínimas de segurança à categoria, que, muitas vezes, é pouco amparada pelos aplicativos.

Leia Também:  Queima de fogos com estampidos agora é proibida

A lei, de autoria do deputado Fábio Felix (PSOL), era uma das principais demandas apresentadas pela categoria. A norma é a primeira do Brasil a garantir direitos para a categoria, principalmente para entregadores. “Muitos relataram trabalhar até 18 horas por dia para garantir um sustento mínimo para suas famílias”, afirma Felix.

O não cumprimento da lei por parte das empresas implica em sanções como multa, suspensão e perda do cadastro administrativo junto à Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!