Uma CPI geralmente traz muito desgaste a qualquer gestor. O governador Ibaneis Rocha, por exemplo, conseguiu ontem (19) se livrar de um novo desgaste ao impedir, através de sua base, a instalação de uma investigação sobre ações de combate à covid-19 na Câmara Legislativa.

Doze deputados votaram contra um recurso do deputado Leandro Grass (Rede) com pedido de renovação do requerimento da CPI local da Pandemia. Oito deputados votaram a favor e houve uma abstenção. Para aprovar precisava de maioria, ou seja, 13 votos. Votaram contra a CPI local da Pandemia os deputados Agaciel Maia (PL), Cláudio Abrantes (PDT), Daniel Donizet (PL), Rodrigo Delmasso (Republicanos), Hermeto (MDB), Iolando Almeida (PSC), Rafael Prudente (MDB), Reginaldo Sardinha (Avante), Roberio Negreiros (PSD), Roosevelt Vilela (PSB) e Valdelino Barcelos (PP). Fernando Fernandes (Pros) se absteve. Foram favoráveis à instalação da CPI da Pandemia na Câmara Legislativa os deputados Leandro Grass (Rede), Arlete Sampaio (PT), Chico Vigilante (PT), Eduardo Pedrosa (PTC), Fábio Felix (PSOL), João Cardoso (AVANTE), Júlia Lucy (NOVO) e Reginaldo Veras (PDT).

Maioria dos distritais entendeu que apurações abertas sobre uso do dinheiro público na pandemia não são ‘fato determinante’ para abrir comissão investigativa. Autor do requerimento para instalar colegiado, Leandro Grass, prepara uma ação na Justiça contra decisão do plenário.

Deixe uma resposta

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!