O mandato do senador José Antônio Reguffe (Podemos) chega a um momento de decisão. Ele tem um ano e meio para decidir se vai concorrer ao Palácio do Buriti em 2022. Como não deve disputar a reeleição no Senado, conforme compromisso de campanha em 2010, ele precisa encontrar um rumo: entrar na briga para ser governador, participar do processo eleitoral nacional ou sair da política.

Leia Também:  Mulheres, não se coloquem em risco

Nos dois primeiros cenários, Reguffe precisa construir pontes e alianças, reforçar a base política. Campeão de votos na última eleição que participou, Reguffe pode ser um nome forte daqui a dois anos. Mas precisa traçar já as estratégias. Entre os colegas da bancada no Senado, ele tem dois potenciais adversários. Leila Barros (PSB) e Izalci Lucas (PSDB) não têm nada a perder.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!